100 Dias de Felicidade

Publicado: 19/01/2016 em muito feliz

O desafio era postar durante 100 dias consecutivos uma foto de um momento diário de felicidade. Qualquer um, poderia ser até comendo um pão de queijo, mas na correria do dia-a-dia, muitas vezes escapa o tempo de nos fotografar degustando a iguaria.

Me convidaram a fazer parte dessa corrente. Expus minha opinião sobre o que achava da brincadeira e conceituei meu olhar sobre a felicidade. Apanhei feio e fui excluída do grupo por não concordar que felicidade é item disponível a qualquer momento.

Sempre acreditei na felicidade, ela existe sim, porém não é contínua. Está em todos os lugares mas é preciso ter olhar clínico e sensibilidade para enxergá-la. É mais ou menos assim: “um dia de cada vez, encontre sua vez.”

Quantas coisas podem acontecer em 100 dias? Tem os dias que acordamos cantando, em outros perdemos a hora e atropelamos os acontecimentos. Tem aqueles dias em que as contas chegam e não sabemos o que fazer, o dia que você discute com alguém, aquele dia em que você perdeu o emprego, a oportunidade esperada, a chuva adiou o passeio programado, o amor lhe deu as costas, a solidão se instalou, descobriu a traição de alguém em quem confiava, perdeu alguém muito querido. Em dias assim, que tipo de foto traduziria o seu coração e o que mostraria em seu íntimo?

Quando tentei expor minha opinião sobre felicidade, quis dizer que os dias de introspecção são necessários e vitais, porém não podem se tornar contínuos. Os dois extremos nos servem como exercício para enxergar algo de bom em momentos específicos. Nuvens cinzas são necessárias para que os raios de sol as rasguem e a luz ultrapasse barreiras. O propósito da felicidade é mostrar que há brilho por trás das nuvens.

Publique fotos de momentos felizes mas que não seja apenas um clique, uma obrigação diária para completar uma meta. Que a verdadeira essência da brincadeira dos 100 dias seja abrir sorrisos verdadeiros a quem encontre suas fotos. Felicidade é feita de momentos. Ela pode ser até diária, mas não deseje que seja eterna e para sempre, para que a vida não perca a graça. Pra ser feliz não precisamos de clicks, nem de um book. Precisamos querer de verdade, com vontade, que não seja mero cenário.

E desejo de coração que sua felicidade ultrapasse os mil dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s